Como seria um 'Mundo Gay' com 100% de pessoas LGBT?

By Hebert Nogueira - janeiro 24, 2019

Foto da parada LGBT de Tel Aviv em 2016

Não faz sentido acreditar que ser LGBT possa ser uma opção, mas problematizar a utopia de um 'MUNDO GAY' ajuda a visualizar como isso poderia ser legal. Aqui vamos ver somente os pontos engraçados e positivos, pois de negativo para a comunidade LGBT já basta nosso mundo hétero.

Aqui vamos ignorar que a distribuição de cada perfil faça diferença. Vamos levar em conta apenas a maioria, assim como o mundo hétero já faz com os LGBT+.


Camiseta Bissexual 50/50 TOPO


Um mundo Bissexual fora do armário

Supondo que a maioria dos habitantes do planeta fossem bissexuais, a homofobia seria uma coisa inexistente e a LGBTFOBIA também.

Nesse Mundo BI as "cores de Menino e Menina" não fazem sentido, cada um usa o que quer de acordo com o próprio gosto e preferência.

No mundo bissexual, a televisão é muito mais inclusiva, as novelas possuem todos os tipos de relacionamentos e a trama fica mais interessante com a quantidade de possibilidades que essa liberdade dá ao drama. 

Imagine que delícia ser solteiro em um mundo onde a conquista só depende da reciprocidade do querer, e não do gênero. 

Nesse mundo todos seriam "BEE", se é que entenderam o trocadilho! ahahahahah


Camiseta Não Escolhi Ser Assim, Tive Sorte


Um Mundo Homossexual Fora do armário

Em um mundo onde a maioria dos habitantes sejam Homossexuais, Gays e Lésbicas, seria como uma grande festa ou balada LGBT, mas as séries, programas de tv e música seriam afetados de uma forma avassaladora.

Imagine que o clipe da música "Jenifer", aquela do tinder, seria protagonizado por duas sapatões, isso sim é representatividade meu povo (rs).  Não existiria Bloco de carnaval LGBT, todos seriam LGBT! Quer coisa melhor isso?!

O BBB (Big Brother Brasil) seria o RuPaul da família brasileira e poderia se chamar Free Gender Brasil, cheio de Drags, travestis e transsexuais, seria uma delícia! Cada episódio seria uma aula de bordões e gírias do dialeto LGBT. Imagina que legal e divertido seria o Tiago Leifert pedindo para o pessoal aqüendar para a prova da líder que está valendo um aqüé e falando que a organização dos quartos dos Bofescândalo está uó. Só de imaginar, já estou chorando de rir.

Um Mundo Transsexual

O mundo trans seria uma das maravilhas do mundo, onde a dúvida ou certeza acerca do sexo de nascença não faria diferença nenhuma. Os relacionamentos não estariam presos ao que é binário em nosso mundo hétero, ou seja, não importaria as denominações de "Homem Trans" ou "Mulher Trans", existiriam apenas homens e mulheres, assim como é o mundo CIS Gênero.

Outra coisa boa seria o mercado de trabalho, as travestis e mulheres trans não precisariam mais se prostituir para conseguir dinheiro, o preconceito e homofobia não existiriam, elas seriam aceitas em qualquer empresa e emprego. Teriam todo o tipo de profissão que se possa imaginar, elas poderiam ser médicas, advogadas, atrizes de novela e qualquer outra profissão.

Além disso as propagandas não usariam mais o sexo de nascença para designar o uso de determinados produtos, como cuecas, chuteiras, calcinhas, cerveja e outros tantos itens que acabam sendo estigmatizados apenas para um dos sexos. 

Qual outro mundo LGBT seria legal?

Responda nos comentários e compartilhe na sua rede social para que a gente possa cada vez mais acabar com o preconceito.



Aproveite para conhecer nossas Camisetas LGBT, Clique no banner!


Camisetas Gays, Lésbicas, bissexuais, Transsexuais - LGBT







  • Share:

Veja outros Posts

0 comentários